Como é morar em Centro

Belo Horizonte, Minas Gerais

Imóveis no bairro

Morar

Morar em Centro

Morar no Centro de Belo Horizonte é estar não apenas no lugar onde a cidade nasceu, mas também ter acesso a uma infraestrutura completa de comércios, serviços, opções culturais e lazer. E estar ao lado de alguns dos pontos mais importantes da cidade, como o Mercado Central, o Parque Municipal Américo Renné Giannetti e a Prefeitura.

E apesar de ser autossuficiente, ou seja, você praticamente não precisa sair do Centro para nada, a região conta com outros bairros vizinhos muito bem servidos de infraestrutura, como: Barro Preto, Boa Viagem, Carlos Prates, Colégio Batista, Floresta, Funcionários, Lagoinha, Lourdes, Santo Agostinho e Santa Efigênia.

"O que mais gosto é essa facilidade que temos de transportes, comércios, escolas públicas e particulares, hospitais públicos e privados, bons restaurantes e bares. Além do Mercado Central, da Feira Hippie aos domingos e da maior área verde bem no coração da cidade, o Parque Municipal", conta a atriz Lili Diniz, que mora no bairro desde 2014.

Custo & Valores

Quanto custa morar em Centro?

O valor médio do aluguel em Centro é de R$ 2 mil e o valor médio para comprar o imóvel é de R$ 440 mil.

O Centro de Belo Horizonte é uma região de classe média. E morar no bairro significa ter a possibilidade de garimpar ofertas para conseguir ter um custo de vida mais baixo do que de vizinhos bem próximos, especialmente os da Região Centro-Sul.

São tantas as opções de comércio e serviços, que os moradores da região podem, em poucos passos, encontrar os melhores lugares para as compras, tanto do dia a dia, como alimentos e produtos de higiene, quanto de itens mais duráveis, como roupas, por exemplo.

“Eu tenho o Shopping Cidade do lado de casa e pelo menos três supermercados, todos com padarias, e também o Mercado Central, que vejo da minha janela, a menos de um quarteirão de distância. Pesquisando um pouco, é fácil de achar boas ofertas”, diz a atriz Lili Diniz, moradora do Centro desde 2014.

R$ 2 milÉ o valor médio para alugar

Valores nessa região variam entre: R$ 1.024 a R$ 6.240

Menor preço de apartamento para alugar em Centro
R$ 440 milÉ o valor médio para comprar

Valores nessa região variam entre: R$ 196.000 a R$ 1.600.000

Menor preço de apartamento para comprar em Centro

Segurança

O bairro Centro é perigoso?

O bairro Centro pode ser considerado um bairro de segurança média, com 43% das avaliações de moradores afirmando que é uma região segura. Além disso, 89% dos avaliadores afirmaram que o bairro possui ruas bem iluminadas e 67% avaliaram não ter risco de alagamentos.

Como em toda grande metrópole, o Centro da Capital Mineira é muito agitado, especialmente nos dias úteis, por conta de todas as opções de comércio e serviços. E também tem muita movimentação nos finais de semana, especialmente nos arredores do Mercado Central e do Mercado Novo.

Por conta disso, a presença da Polícia Militar e da Guarda Civil Municipal no Centro de Belo Horizonte é bastante ostensiva, o que passa para os moradores da região uma sensação de segurança.

“Não considero o Centro um lugar perigoso, pois temos sempre a presença das forças de segurança na região”, diz a atriz e moradora Lili Diniz. 

Moradores

O que dizem moradores de Centro

Conheça as características do bairro Centro, segundo 9 moradores de lá

Ruas arborizadas
100%
Ruas bem iluminadas
89%
Calçadas largas
89%
Sem risco de alagamento
67%

Gabiane

Como estou no centro da cidade tudo é de fácil acesso, porém você tem que estar preparado pois não existe silencio absoluto. Há momentos de menos ruído.

Curtir

Julia

Muita obra barulhenta ultimamente.

Curtir

Mariah

Absolutamente perto de tudo, um excelente ponto pra quem não tem carro. E é muito próximo dos meus lugares preferidos de BH: Mercado Central e Mercado Novo

Curtir

Silvia

Ótima localização, há 1 quarteirão do parque municipal e da praça sete, perto de supermecados, padarias, farmarias, lojas, há 5 minutos de caminhada da estação central de metro..

Curtir

4 de 4 depoimentos

Serviços

Serviços em Centro

Apesar de muito residencial, o Centro também é um das áreas de comércio mais pujantes de Belo Horizonte. Além de muitas lojas de rua, em especial no trecho do bairro que fica entre as Avenidas Afonso Pena, Bias Fortes, Contorno e Amazonas, o bairro também conta com aquele que é o mais tradicional e querido ponto comercial da cidade: o Mercado Central. 

Mais do que isso, o Centro é repleto de galerias e shoppings, entre eles o Shopping Oiapoque e o Shopping Cidade, tem algumas das principais redes de supermercados da cidade e a Feira Hippie, que ocupa a Avenida Afonso Pena todos os domingos.

O bairro tem uma infraestrutura completa, também, de serviços como bares, restaurantes, bancos e também clínicas, consultórios e alguns dos principais hospitais da cidade - como Hospital João XXIII, Hospital Infantil João Paulo II e Hospital Governador Israel Pinheiro - IPSEMG - localizados bem na divisa com o bairro Santa Efigênia, na principal região hospitalar da Capital Mineira.

Transporte

Transporte e mobilidade em Centro

Um dos bairros mais privilegiados de Belo Horizonte em termos de transporte público, o Centro é atendido por duas estações de metrô: a Central, localizada na Praça da Estação, e a Lagoinha, que faz parte do bairro vizinho, mas está na fronteira, próxima ao Terminal Rodoviário de BH.

Por sinal, o Terminal Rodoviário do Centro garante a mobilidade dos belo-horizontinos com partidas e chegadas que têm como destino - ou origem - centenas de cidades do estado de Minas Gerais e de todas as regiões do Brasil.

Além disso, o bairro é servido com dezenas de linhas de ônibus que o conectam com os quatro cantos da cidade. E ainda conta com vias importantes de trânsito da Capital Mineira, como as avenidas do Contorno, Amazonas, Afonso Pena, Olegário Maciel e Bias Fortes.

Educação

Educação em Centro

O Centro de BH tem opções de instituições de ensino para todas as idades. 

Para os menores, o bairro conta com instituições particulares e com duas EMEI (Escola Municipal de Educação Infantil), a Delfim Moreira e a Timbiras - esta segunda localizada na fronteira com o Lourdes. Além disso, para os maiores, além de instituições privadas e cursinhos pré-vestibular, a Escola Estadual Olegário Maciel atende os estudantes da região.

No Ensino Superior, é no Centro que está o prédio da Faculdade de Direito da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG). O bairro também conta com a Faculdade IPEMED de Ciências Médicas e uma unidade da Faculdade Anhanguera.

Pontos de Interesse

Pontos de interesse próximos a imóveis disponíveis no bairro Centro


Estilo de vida

Estilo de vida em Centro

A vida no Centro de Belo Horizonte difere um pouco daquele clima de cidade de interior muito presente em inúmeros bairros mais periféricos. Como em qualquer metrópole, BH tem uma região central agitada e repleta de boas opções de bares, restaurantes, cultura e lazer, tanto para quem é mais do dia quanto para quem curte a vida noturna. 

Essa diferenciação de horários fica clara em dois ícones históricos do bairro: o Mercado Central e o Mercado Novo. O primeiro é mais comercial e diurno. O segundo virou um dos principais pontos para quem gosta da noite na cidade, com seus diversos bares. Outro ponto que concentra um dos lazeres preferidos do belo-horizontino, que é a botecagem, é o Edifício Maletta, com várias opções.

O Centro também é um lugar rico em termos culturais, com lugares como o SESC Palladium, espaço multiuso de apresentações e eventos, e o Palácio das Artes, um dos principais palcos de shows da cidade, e o antigo cinema e hoje casa de espetáculos Cine Theatro Brasil Vallourec.

Natureza

Natureza em Centro

Muito urbanizado, o Centro de Belo Horizonte tem um dos maiores oásis de área verde da cidade: o Parque Municipal Américo Renné Giannetti, um espaço de 182 mil m² que é mais velho até do que a própria cidade, uma vez que foi inaugurado no dia 26 de setembro de 1897, pouco mais de dois meses antes da Capital Mineira.

Projetado pelo arquiteto paisagista Paul Villon, que usou plantas nativas e exóticas, o parque hoje é repleto de árvores centenárias e uma grande diversidade de espécies. Além de toda a flora, o espaço ainda conta com lagos, alamedas, equipamentos para ginástica, parquinho de diversões e várias outras opções de lazer ao ar livre.

A região conta com outras praças, essas praticamente não arborizadas, mas que são históricas e icônicas para a cidade, como a Praça Raul Soares e a Praça da Estação.

História

História de Centro

O Centro de Belo Horizonte é o local onde a cidade começou. A região, anteriormente, era o vilarejo Arraial de Nossa Senhora do Curral Del Rey, que foi desapropriado em 1893 para o início da construção da cidade que foi planejada para, quatro anos depois, se tornar a capital do estado de Minas Gerais. 

O projeto foi assinado pelo engenheiro Aarão Reis, chefe da Comissão de Construção de Belo Horizonte. Na planta, em vez do clássico desenho das principais cidades do mundo à época, com os quarteirões em xadrez, as ruas da então nova Capital Mineira se cruzavam na diagonal, com ruas homenageando estados brasileiros transversais a ruas com nomes de tribos indígenas. 

A partir da década de 1950, a região começou a passar por uma grande mudança estrutural, com o surgimento de grandes prédios, dando lugar aos sobrados de época, um crescimento que se expandiu para os bairros vizinhos, com o aumento de novas construções e da população da cidade.

O QuintoAndar tem o que você precisa

Para se mudar sem burocracia só tem um jeito, ser com o QuintoAndar.

Para quem quer alugar

Alugue os melhores imóveis de forma rápida, sem fiador e sem burocracia

Para quem quer comprar

A compra do seu lar com negociação rápida e sem burocracias

Com dúvida se aluga ou se compra?

Calcule seu investimento para garantir o melhor morar para você

Calcular investimento

Morar em Centro

Morar em Centro

Morar em Centro

Morar em Centro